Gloriamundi @ Hattrick
Publicidade
posts recentes

Espionagem na época 31

subscrever feeds
arquivos

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Quarta-feira, 4 de Agosto de 2010
Espionagem na época 31

Como é hábito no início de cada época, costumo fazer um pequeno apanhado de algumas características dos meus adversários na série.

Mais uma vez não conseguimos subir de divisão, e o 1º classificado também não consegiu apurar-se nos play-offs, pelo que apenas temos 2 novas entradas vindas da divisão VII. As outras equipas são já nossas conhecidas.

 

Costumo preparar a minha análise com o apoio de uma tabela.

 

Da esquerda para a direita, as colunas são simples de entender. Temos a lista de equipas, ordenadas pela classificação da época anterior, a divisão de onde vieram, onde se nota que s 6 primeiras se mantiveram na mesma divisão. Depois temos o ranking da taça, o que permite efectuar uma primeira comparação entre as equipas, seguido do goal-average na época anterior. Atenção que as duas novas equipas, tiveram, como é normal, bons resultados na época anterior, e por isso subiram.

De seguida comparamos os jogadores. Primeiro a média de TSI dos melhores 11 jogadores, depois a média de idades desses mesmos 11, e de seguida, o número total de jogadores da equipa. Note-se que algumas equipas venderam jogadores e este número poderá ainda variar bastante até ao arranque da nova época. Finalmente, temos o nível de experiência desses 11 jogadores.

Temos ainda a capacidade total do estádio, depois a formação que usaram nos últimos 5 jogos, bem como o número médio de estrelas e de hatstats desses mesmos 5 jogos.

Por fim, temos o número de jogos amigáveis que disputaram na época passada, os jogos da taça que disputaram, e se têm ou não uma academia de juniores.

 

Tendo esta informação, quais são as ilações que se podem retirar?

Em primeiro lugar podemos comparar o ranking e o TSI das equipas. Isso dá-nos uma primeira ideia do seu potencial.

Depois podemos levar em conta a experiência, e os valores das estrelas e dos hatstats. Também ajuda a compararmos as equipas.

Por último, o tamanho do estádio pode dar-nos uma ideia quanto às suas receitas. Claro está que também podem ter receitas de transaccionar jogadores, mas essas não as podemos contabilizar. Ter ou não uma academia permite mais uma hipótese de rendimento com a descoberta, e posterior venda de jovens talentos.

 

Nada disto é muito cientifico, mas na minha opinião ajuda a perceber melhor a série onde nos encontramos.

publicado por AReis às 01:20
link do post | comentar | favorito
mais sobre mim
Publicidade
pesquisar
 
tags

todas as tags

HTLinks